24 de novembro de 2010

Haja hoje pra tanto ontem!


Há dias que posso escutar minha respiração tilintar ecoando o ambiente!

Isso, creia é um ótimo sinal!

Sinal de quê?

Sinal marcado de pontuação? sinal de pele? sinal implorado ao Criador?

Não... sinal no sentido de evidência, de pista, de aviso.

A maioria dos viventes teme situações nas quais tenha de tomar uma postura, até porque postura correta exige da coluna e dos princípios uma dedicação e desconforto típicos. Entretanto, quando as coisas do mundão resolvem se diluir nas do coração há que ser flexível pra sair à francesa, não cometer erros ou deixar estragos.

Muitos não enxergam que o orgulho ou a auto piedade não ajudam, que soberba só serve pra encher nossa boca e punir o coração...

Talvez por isso muitos relacionamentos da atualidade tenham uma data de validade tão frágil... porque as pessoas querem exigir do outro uma atitude sempre positiva, ilibada, atraente e disciplinada...

Isso não existe! As pessoas são o que são, e mudam mesmo de humor, e não são propriedade umas das outras, diferente do que a mídia te mostra nas propagandas, acorde!

Quando se ama, ou se preza ao menos, há que ter sabedoria pra passar pelos melhores momentos e pelos mais imundos também ao lado de quem se quer.

Talvez por isso se repita tanto em rituais de matrimônio ''na saúde e na doença, na alegria e na tristeza...'' normalmente nessa hora acho que a grande parte (fora os que estão chorando) dedicam-se mais a posar pra fotografias a observar o que foi dito.

Este é o sinal, estamos num planeta que se movimenta, com pessoas de carne e osso, com sentimentos reais e batalhas diárias, viva, tente, compreenda, PERMITA-SE!

8 comentários:

Paulo Eusebio disse...

Seus textos transmitem muita vida e eletricidade, leio sempre que posso. Bjao Genia

Egocentrismo Irônico disse...

nossa, que lindo... amei muito, me deu uma força do "além" agora, :}

Fernando disse...

Porra minha ex tem de ler isso,pra ver se ela aprende algo sobre homens hehe pior que é sério isso.
Bjo Nega

Walisson Lopes Barreto disse...

Toc toc!
- "Quem é?", pergunta o Coração.
- "É o Amor!Posso entrar?"
- Claro que sim! Óbvio, vamos entrando, a quanto tempo esperava por você!... - responde o coração eufórico, disritmado até.
Assim o Amor entrou naquele Coração. Depois de um bate papo de recepção, o Amor disse ao Coração:
- "Vejo que tem um espaço bacana aqui dentro. Legal! Ainda bem! Posso trazer meus irmãos para morarem aqui conosco? Sabe como é, não vivo sem eles, família..."
O Coração refletiu consigo..."que história é essa de irmãos? Eu hein, pensei que quando havia se decidido a deixar entrar o Amor iríamos ser apenas nós dois... Mas sendo o Amor uma pessoa boníssima e sincera, não pode vir coisa ruim deste pedido...",pensou, pensou e respondeu:
- Ok, pode trazê-los sim...
O Amor ficou todo feliz e sem acreditar no que ouvia disse ainda: "Sério mesmo?! Que legal, mas não vai nem querer saber quem são eles?"
- "Não, eu confio em você!", disse na hora o Coração.
O Amor ficou todo, todo, e já ligou para seus irmãos...

Walisson Lopes Barreto disse...

(PARTE II) CONTINUAÇÃO...

Toc, Toc...

O primeiro irmão a chegar foi o Prazer...

- Quem é?, pergunta o Coração.
- Sou o Prazer, o irmão do Amor, ele está aí?
- Sim, está, entre...
- Olá Irmão, como estás?, pergunta o Amor dando-lhe um abraço bem apertado.
E se acolheram, sentaram, e conversaram. O Coração viu o Prazer e ele era lindo, de uma excelente aparência e se dava muito bem com o Amor, eram afinados, mas o Prazer tinha um temperamento altivo, mandão e as vezes nem deixava o irmão falar... Mas estava muito feliz com a presença dos dois ali, ia tranquilo e satisfeito, batia com força e vigor...
Um dia em conversas que iam e voltavam, o Prazer perguntou ao Amor:
- Você não ligou para ele não,ligou?
- Liguei sim! Como poderia deixar nosso irmão de fora? Ele já deve estar chegando. Vocês devem se reconciliar, não podem viver brigados o tempo todo, sem se falarem, sem se aceitarem em suas diferenças...
O Coração estava apenas ouvindo, e como era assunto de família, num primeiro momento preferiu ficar indiferente...

Walisson Lopes Barreto disse...

(PARTE III)

Toc, toc...

- Quem é?, pergunta o Coração.
- É a Verdade! O Amor está em casa?
- Sim, vamos lá, seu irmão, o Prazer, também já chegou! Vou mostrar onde estão...
E a Verdade entrou no Coração e encontrou seus irmãos. O Amor chorou ao ver sua irmã alí, estava com saudades... já o Prazer foi um pouco mais distante, apesar de abraça-la e beijá-la no rosto...
- Como sempre, não é mesmo irmãozinho? Indiferente... Mas tudo bem, eu te amo viu!
A Verdade era a que conhecia bem seus irmãos, nada lhe escapava em histórias e personalidades. Falava bem, e escutava melhor ainda, mas não sabia brincar, suavizar as piadas, era firme e as vezes chateava por demais o Prazer, por este ter personalidade forte, irônica e sedutora.
- Amor, os nossos outros dois irmão estão chegando. você ligou para eles?, perguntou a Verdade.
- Sim, respondeu o Amor.
- Você sabe que eles decidiram sempre andar juntos. Então devem chegar juntos!
- Ai, ai, ai.Ele esta chegando mesmo, aquele bicho chato, a não viu!... reclamou o Prazer.
- Prazer, Prazer, Irmão, não fique assim, aproveite a oportunidade que tens viu! Vocês são da mesma família!, aconselhou repreendendo seriamente a Verdade.

Walisson Lopes Barreto disse...

(PARTE FINAL)

"O clima está começando a esquentar por aqui...", observou consigo mesmo, o Coração. Quando pensou em falar com o Amor sobre os que ainda iriam chegar, escuta-se na porta da frente...

Toc, toc...

- Quem é?, Pergunta o Coração.
- Somos a Aceitação e o Sofrimento, podemos entrar? O Amor está aí dentro? Precisamos vê-lo!...

E AGORA? COMO TERMINA A HISTÓRIA?
O CORAÇÃO OS DEIXOU ENTRAR?

P.S:..TERMINA COMO COMEÇOU A SUA...

Nêga!!! disse...

rsrs good very good