11 de maio de 2009

Can't you see...


Se eu pudesse fugir dos seus olhos, seria mais que uma surpresa e veja bem, sou alheia à surpresas, morro de medo delas, são como fantasmas de infância, daqueles grandes e medonhos, como aquela casa abandonada da vizinhança e aquele estranho que parece existir só em nossas próprias lembranças.
Correria deles como quem corre maratonas, dá a volta ao mundo, põe tudo na mochila sem rumo.Tão somente inebriada, desgarrada e agoniada trilhando sem prumo.
Mas não posso evitá-los.
Fitá-los me regozija,
Percebê-los me aterroriza e encará-los me faz tremer.
Desafio lento, torto e nulo.
Olhos de maresia quando quer deter,
Lentes de fantasia pra subverter,
Retinas penetrantes,
Cortinas dos instantes em que os meus insistem em se abater.

8 comentários:

Marcela disse...

Neguinha, lembrei da sua frase na facul: "CAPITU TINHA OLHOS DE RESSACA" lembra? bjinho pra vc Capitu do Cerrado!

Anônimo disse...

uuuuuuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiii!!
amei esse aqui... retrata pra mim o medo de se apaixonar... ou talvez o medo do desconhecido... adorei!!!
beijos!!!
Aninha!!!

Raffs disse...

também não gosto de surpresas ^^

=***

Nêga!!! disse...

Ana Lu: é uma delícia ver cada um tendo o próprio olhar sobre os escritos! thnaks!! :**

Marcelinha: Capitu... lembro bem! bjs

Raffs: Surpresas....é .... TOURO EM TOURO aqui né ..já viu?! kkkk bjokasss

. Juliana . disse...

gostei muito disso! juro que queria eu ter escrito...

Nêga!!! disse...

ahhh jujuuuu vc é uma foffffaa!!!

Anônimo disse...

Ai que lindooo...posso falar?...vou falar ta?...totalmente..."VOCE"!!!KKKKKKKKK...amiga...vc escreveu um pedacinho de vc ai!!!Posso ate ouvir vc falando isso...rssss...adoreiii..
saudades...
Taiana

Nêga!!! disse...

ô TATA...não era bem eu...kkk...tá era sim...mas um eu focado em outro eu. thanks!! bjussss