27 de setembro de 2010

Em verdade.


Eu gosto deste mundo,

Ainda que perigoso, perpicaz e sangrento.

é nele que encontro argumento,

Permaneço e me finco,

Discuto e me assumo,

Me entrego e me levo ao fundo de tudo.

Procuro um rumo e atinjo minha meta,

Sacudo a poeira e me meto em trincheira,

Renego maldade e espalho gargalhadas,

Fujo sorrindo, toda desabotoada

E te olho nos olhos,

E vejo... meu mundo!

5 comentários:

Paula disse...

Sua inspiração é contante, vou te imitar '' que invejinha'' hahahaha bjos amiga

Única e Exclusiva disse...

Ve o mundo nos olhos de outrem, foi formidável, tou tão apaixocada que fico viajando nas palavras.

linda, beijos ù&e =******

Palavras Soltas de um Espírito Pensante!! disse...

Lindo lindo meesmo ainda chego lá... nesse nivel xD! bjus!!

Pedro disse...

é emocionante ver a intimidade que vc tem com as palavras e a facilidade de manejá-las, esta de parabens, vasculhei o blog, muita coisa boa, muitos momentos fortes e inspirados.
Grande abraço

Nêga!!! disse...

PAULA: kkkkkkkkkkkk fofaaa brigada :D

única e exclusiva: Brigada querida, é apaixonar-se é nascer again :D

Palavras Soltas: muito obrigada, sinta-se a vontade :D

Pedro: Quem me dera ser tão íntimaaaa assim das palavras, que bom que gostou do blog, brigadão!