30 de março de 2011

Pega de jeito...


''Não quero perder nenhum de seus sorrisos'' e pá! Foi a frase que me manteve conectada anos à minha vontade de acreditar! Meu desejo de tentar, derreter meus icebergs de estimação, pensar ao menos uma vez antes de franzir a testa e ser irônica. Uma frase.

Quantas vezes você já se pegou pensando por quê? E prosseguiu fazendo uma breve lista mental de todos os motivos pra não deixar rolar, pra frear tudo se sacudindo internamente e repetindo seu mantra de proteção habitual: ''não se apegue''!?

Tola ideia de que seu miocardio seria eternamente feudal, acorda tolinho, ele é vassalo mesmo! Não é privilégio seu, não de culpe, apenas desconheceu o óbvio, você não pode controlar tudo.

E agora o que você faz? Para de encarar o celular e se assustar quando ele toca? Deixa de espalhar o guarda roupa todo no chão quando perde a habilidade de se arrumar pra night? Ignora todas as músicas melosas que numa conspiração seu vizinho canta, o taxista aumenta e a propaganda berra?

Não funciona, acredite.

Vais continuar a reler a conversa toda do MSN toda vez que o outro diz ''xau'', e prosseguirá ligando todos os verbos que te agradam aos atos mais ridículos e babacas do outro. Terá vontade de ligar pra ouvir a voz, verá algo novo e interessante em cada história repetida que escutar, vai ficar feliz cada vez que sonhar com.


Você está apaixonado.

Habitue-se e tente não pirar.

Lutar contra é como auto-medicação, parece funcionar,mas na verdade só te engana por 48 horas no máximo.

Sim, as comédias românticas brotarão nos cinemas e na casa dos seus amigos desesperadamente, como uma praga!

Os sintomas variam, mas as consequências são as mesmas.

Ah... um lembrete e um voto: Boa sorte!

5 comentários:

thais disse...

ai betina, esse texto é pra mim, nao é possivel ! hahaha, mesmo tendo umas palavrinhas que nao tao na minha linguagem eu entendo sabe, nao sou tao burra assim ! hahaha, beijos

Fernando disse...

Nossa guria vc se supera btf ^^

Vinícius disse...

é tarde moça, eu já pirei :(

Walisson Lopes Barreto disse...

É interessante pensar na noção de tempo que, invariavelmente, muda. Ele se torna paralelo, quase uma realidade outra... Os apaixonados vivem a experiência de tocarem a transcendência e são levados a mergulhar de cabeça nos estados da alma humana - uma hora no céu da expectativa, em outra no purgatório da ausência... Mas estar apaixonado, por mais exigente que seja aos nervos, nunca é inferno, pois inferno é fechar-se em si mesmo, e em algum nível estamos pensando e desejando em/uma outra pessoa...

Nêga, digamos que este texto seja PONTUAL!

MUITO BOM!

Beijos

Aninha disse...

nem me fala em apaixonar... concordo com vc quando me disse que o amor é uma flor roxa... rs...
Mas que é bom... isso ninguém nega, né?