27 de setembro de 2011

Again ²



As vezes o amor renasce das cinzas, e por mais piegas que possa parecer, vem com mais força,mas com as velhas táticas. Nunca se sabe quando seu coração vai entrar noutra fria por conta da sua mania de estar sempre certa.



Mas calma, não precisa desfazer os planos, esquecer os enganos ou tapar o sol com a peneira. Ninguém vive de amor, tem muita coisa a se fazer, muitos dias pra resgatar e muito tempo pra falar. Não precisa ansiedade, se voltou seu fantasma do passado com tanta presença, é que nem era tão fantasma assim. Se você está nessa, uma hora, mais cedo ou mais tarde vai saber como lidar com esse amor que chega e quer se apropriar do seu viver.



Sua rotina já estava refeita, sua paz retomada, e quem disse que paixão gosta de paz?



E você que pensava que era simples decidir, se embrenhar, ou não cair, se vê assim encurralada por declarações de amor desesperadas, por um amor puro, porém adormecido, que resurge do teu passado, devorando o teu futuro.



Ainda é cedo, não dá nem pra saber o que queres de fato, mas de uma coisa já sabe, só cabe a você!

1 comentários:

Walisson Lopes Barreto disse...

"...e quem disse que paixão gosta de paz?"